Restituição Imposto de Renda 2018

Imposto de Renda 2018 Restituição

Todos os anos, em abril temos que fazer nossa declaração de imposto de renda que é o valor anual descontado do rendimento do trabalhador ou de uma pessoa jurídica e entregue ao governo federal. Além dessa obrigação o que mais os cidadãos aguardam é o momento da restituição do imposto de renda 2018. E para haver esta restituição há um calendário para o pagamento ocorrer, saiba mais sobre.

imposto-de-renda-restituicao

A restituição do imposto de renda é um valor devolvido ao contribuinte que pagou imposto de renda a mais no ano anterior. O cálculo do valor a ser devolvido ao contribuinte é calculado pelo programa da Receita Federal.  Por exemplo, quem tem muitas deduções do imposto de renda, como despesas com dependentes, despesas médicas, por exemplo, faz com que o contribuinte ganhe descontos que são os valores que lhe são devolvidos.

Para quem tem direito a restituição do imposto de renda deve ficar atento ao calendário de restituições que a receita federal libera através de sete lotes de restituição que começa a acontecer em junho e finaliza em dezembro.

Além do cálculo da restituição feito pelo programa da receita federal, a restituição também é corrigida pela taxa selic. No momento que o valor é deixado a disposição do contribuinte, este valor não sofre mais alteração e nem acréscimos.

O primeiro lote de restituição normalmente sai em junho. Sendo previstos vários lotes do IR 2018 para consulta, normalmente o último previsto para ser repassado em dezembro.

Caso não tem certeza do valor foi repassado para você contribuinte pode também consultar ligando para o Receitafone no número 146 (ligação gratuita para telefone fixo e tarifa local para ligações via celular). Também se pode consultar pelo aplicativo para celular da Receita que estão disponíveis para IOS e Android. Outra curiosidade sobre a restituição é que tem prioridade nesta idosos e pessoas com deficiência física ou mental ou que tenha alguma doença grave.

ir-restituicao

O valor da restituição que é corrigido pela taxa selic é depositado na conta corrente que o contribuinte cadastrou no momento de sua declaração de imposto de renda. Caso por exemplo, o contribuinte deve contatar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a central de atendimento 4004-0001 (para os contribuintes que estão na capital) e 0800 729-0001 (demais localidades). Também é possível fazer a correção de seus dados bancários caso tenha trocado de conta corrente ou informado incorretamente através dos telefones acima informados ou se preferir nas agências do Banco do Brasil. Para isso, não é necessário levar nenhum documento, basta informar o CPF que a sua nova conta está registrado.

Caso o contribuinte tenha receio de que sua restituição sumir, ela fica até um ano disponível no banco até que seja feita a correção de seus dados. Se após este prazo não for feita o pedido de restituição, depois somente será possível pelo site da receita federal ou diretamente pelo sistema e-CAC. Mais informações acesse o site da Receita Federal.

Leia Mais